“A emergência da comunicação comunitária e do ativismo digital por uma sociedade mais democrática” em debate no Rio de Janeiro

 

Ontem começou no Rio de Janeiro o “V Colóquio de Economia Política da Comunicação e da Cultura (V CEPCC) e o IV Encontro do EMERGE”, que tem como tema “A emergência da comunicação comunitária e do ativismo digital por uma sociedade mais democrática”. O evento acontece no auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa, no horário de 9h às 18h e hoje, dia 19, é o último dia.

Evento que vem sendo transmitido ao vivo pela Internet e tem a presença de pesquisadores nacionais e internacionais que estão realizando pesquisas que analisam o cenário atual, mostrando a contribuição que as pesquisas científicas nas áreas de Comunicação, Cultura e Informação dão à sociedade civil e como a comunicação comunitária e o ativismo digital podem contribuir com uma sociedade mais democrática.

A conferência de abertura, feita pela pesquisadora e professora da área de Mídia e Movimentos Sociais da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina), María Soledad Segura, e a Mesa 2, Comunicação, cultura e ativismo midiático, que teve a presença dos pesquisadores Eula Cabral (FCRB), Adilson Cabral (UFF) e Andrea Medrado (UFF), estão disponíveis em https://youtu.be/VOSWi1kftVo

O Painel 1, EPCC e novas tecnologias, que teve a mediação da pesquisadora Eula Cabral e a presença dos alunos de Graduação e de Mestrado Luana Matos, Thainá Queiróz, Cíntia Freire, Aderlândia de Araújo e Madalena Schmid, está disponível em https://youtu.be/9JdcksHA3ng

O Painel 2, Ludicidade e ativismo como formas de resistência e agência nas redes, sob mediação da pesquisadora Andrea Medrado e a presença dos alunos de Graduação e de Mestrado Taynara Cabral, Ana Paula Muller, Adler Mendes, Marina Roale e Letícia Moreira, está disponível em https://youtu.be/fPp2WUbs7hQ

Hoje, dia 19 de outubro de 2018, serão realizados no Auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa e transmitido ao vivo:

9h às 10h – Mesa 3 – Competências informacionais, estéticas e comunicacionais
Marco Schneider e Simone do Vale

10h às 11h – Mesa 4 – A emergência das redes sociais e digitais
Bruno Lima Rocha, Renata Souza, Sérgio Denicoli

11h às 12h – Mesa 5 – Folkcomunicação e mídia regional
Maria Érica de Lima, Bruna Franco e Camila Magalhães

13h30 – Painel 3 – Comunicação Comunitária e Políticas de Comunicação
Mediação: Adilson Cabral
Renata Palitó de Carvalho – Ativismo midiático digital em São Gonçalo
Cinthya Pires Oliveira – TVs comunitárias e convergência midiática
Mariana Pitasse – Comunicação e mídias dos movimentos pela moradia

 

Anderson Andreata – Desmonte neoliberal da Comunicação no Brasil e Argentina
Emanuela Amaral – Políticas de Comunicação Comunitária na América Latina

16h – Painel 4 – Ética e competência crítica em Informação
Mediação: Marco Schneider
Renata Brás – Competência crítica em Informação e democratização da mídia
Rafael Zincone – Economia política da estética tropicalista
Filipe Cabral – Teorias críticas da comunicação na América Latina

Fernanda Ramos – Hegemonia midiática na intervenção militar do Rio de Janeiro

O evento é uma realização do Centro de Pesquisa e Produção em Comunicação e Emergência (EMERGE); do Programa de Pós-Graduação Mídia e Cotidiano (PPGMC); Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB); Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Gestão (FCRB); e do projeto Economia Política da Comunicação e da Cultura (EPCC/FCRB).

O auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa fica localizado no prédio principal (subsolo) da FCRB, na rua São Clemente 134, no bairro de Botafogo (RJ/RJ), próximo ao metrô de Botafogo.

Share